Como fazer a inscrição no Cadastro Único



O Cadastro Único foi criado pelo Governo Federal com a intenção de reunir em um único cadastro todos os dados sociais da família de baixa renda brasileira. É de acordo com estes dados, que se verifica se a mesma terá direito a benefícios como o Bolsa Família, dentre outros. Para ser incluída no Cadastro Único, a família deve ter uma renda mensal de até três salários mínimos ou então de até meio salário mínimo por pessoa da residência.

Cadastro Único

Como é feito a inscrição no Cadastro Único?

A coleta de dados para o Cadastro Único pode ser realizada de diversas formas, tais como:

Publicidade Relacionada



- Visita domiciliar às famílias, para que pessoas com dificuldade de locomoção sejam inclusas no sistema.
– Cadastro diretamente nos postos fixos, criados pela Prefeitura Municipal de sua cidade. Informe-se na Prefeitura sobre os endereços.
– Existem ainda postos de coleta de dados intinerante, que são indicados para famílias que moram em áreas mais afastadas e de difícil acesso.

Quais documentos necessários para fazer a inscrição no Cadastro Único?

O interessado deve incluir seus dados e os da sua família portando o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas), documento de identidade e número de título de eleitor. Os demais membros da família também devem apresentar RG, CPF, carteira de trabalho e título de eleitor (se for maior de 18 anos).

Só pode solicitar a inclusão no Bolsa Família, aquelas famílias que já estiverem devidamente cadastradas no sistema do Cadastro Único.

 



Cadastre-se na nossa lista de leitores e receba as novidades e promoções exclusivas por e-mail